6 dicas para quem deseja abrir a própria produtora de eventos

6 dicas para quem deseja abrir a própria produtora de eventos

Além da parte burocrática e abrir um CNPJ, começar um negócio com uma produtora de eventos possui alguns detalhes que devem ser levados em conta.

Então se você deseja abrir sua própria produtora de eventos, separamos aqui 6 dicas para se destacar no mercado. Continue lendo a seguir.

1. Estude o seu nicho de atuação

Antes de abrir a produtora de eventos, você precisa fazer uma pesquisa de mercado bem detalhada. É preciso saber se a sua cidade ou região está carente de bons eventos, se existe demanda e para quais tipos de eventos, como poderá lucrar, o que que pode ser melhorado na produção dos eventos locais, dentre outras coisas.

Todas essas questões irão influenciar e definir como você irá atuar. E uma ótima dica para saber exatamente por qual caminho seguir, é pesquisando para saber qual tipo de evento precisa ser explorado em sua região por lá e se especializar nisso.

Outro ponto mega importante é não ignorar os seus concorrentes e se inspirar no que elas têm de melhor e estudar suas falhas para não as repetir em seu negócio.

2. Faça um planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro é crucial para qualquer empreendimento, não importa qual seja o nicho. Anote suas contas e faça uma reserva, pois começar um negócio sem ter dinheiro guardado é um risco alto e pode acabar desandando tudo.

Faça um orçamento minucioso, que inclua não apenas itens da estrutura, como carpete para eventos e stands, por exemplo, mas também gastos como luz, água, telefone, internet, aluguel de equipamentos e as despesas e imprevistos que possam surgir durante os primeiros meses.

E sobre os imprevistos, você precisa estar ciente e preparado de que eles podem, sim, acontecer e também saber que o destaque e os lucros virão com o tempo.

Especialistas em economia recomendam que você tenha uma reserva que dê conta de cobrir seus gastos caso a empresa fique até três meses sem lucro.

Além da reserva, é importante fazer um controle de todo o dinheiro que entra e sai do caixa para manter o retorno sobre o investimento da sua empresa sempre positivo. Isso significa que precisará ter controle de cada evento produzido, com dados consolidados em um relatório detalhado.

4. Tenha bons fornecedores 

É muito importante ter contato com uma lista de fornecedores ao ingressar na área. Por isso, faça um checklist com o telefone de iluminadores, arquitetos, marceneiros, montadores de palcos, buffets, fornecedores de bebida, cinegrafistas, fotógrafos, assessores, equipes de limpeza e de segurança.

Todo e qualquer tipo de serviço ou equipamento que você precisar para montar o seu evento, deve haver alguém qualificado e de confiança para executá-los. 

 

5. Invista na equipe

Antes de pensar em oferecer os seus serviços, é muito importante investir na sua equipe.

Ofereça treinamento de qualidade aos seus funcionários (tanto internos quanto terceirizados, caso julgue necessário) para que façam um bom trabalho e representem a empresa em cada ação.

 

6. Encontre bons consultores

Se você não entende sobre as documentações necessárias, contrato social, o melhor caminho a seguir é contratar um advogado.

Ele irá te dar auxílio tanto na hora de preparar a papelada, quanto em te instruir nas questões de direitos e deveres que a sua empresa deve cumprir.

Um contador também será útil para ajudar na parte financeira.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *